19 de novembro de 2017 English Español עברית

Conib Logo

SPInnovation Summit mostra como Brasil e Israel podem ser parceiros em empreendedorismo e tecnologia

24 Ago 2017 | 17:36
Imprimir

A Câmara Brasil- Israel de Comércio e Indústria e a Harpia Capital comemoram o sucesso do SPInnovation Summit 2017,  que reuniu na semana passada mais de mil pessoas com a proposta de estimular negócios entre empresários e investidores brasileiros e israelenses.

A programação teve início no dia 7 de agosto, com um Road Show no Cubo Networking, com a participação de especialistas dos fundos de investimentos israelenses Afterdox, OpenvVc e Maverik e das startups Solomoto e Matific, que, tendo como moderadores, Ric Scheinkman, da  Harpia Capital  e Flavio Pripas, do  Cubo, apresentaram novas tecnologias e cases de sucesso.  

O Road Show contou ainda com a participação especial de Gilberto Godoy, o Giba do volley, que falou sobre Motivação e Team Building e fez uma analogia entre o esporte e o mundo corporativo.

Ainda com o foco de incentivar o matchmaking e abrir as portas para a geração de conhecimento e o incremento de novos negócios, foram realizados dois cafés da manhã, nos dias 8 e 11, que reuniram 15 Family offices e fundos de venture capital, com a participação da Ourcrowd, Afterdox, Maverick, G5 e Evercore.

O evento  teve continuidade com uma solenidade  no dia 9 de agosto, na  A Hebraica,  com a presença  de Daniel Annenberg, secretário de Inovação e Tecnologia de São Paulo, André Borges, representando o ministro de Ciências, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Juan Quirós, presidente da Investe São Paulo, Dori Goren, cônsul-geral de Israel em São Paulo, além de Jayme Blay (Câmara Brasil-Israel de Comércio e Indústria), Itche Wasserman (Conib), Bruno Laskowsky (Fisesp), Avi Gelberg (A Hebraica), Benjamin Quadros (BRQ)  e Ric Scheinkman (Harpia Capital).  O dia foi encerrado com um jantar em que estiveram presentes o presidente da Conib, Fernando Lottenberg, lideres da comunidade judaica, patrocinadores e palestrantes.

Em sessões simultâneas divididas entre Governo, Setorial, Startups e Fundos, foram discutidos temas como: inovação e novas tendências no mercado de start ups, o mundo das fintechs, e-commerce, sistemas de segurança, tecnologia de ponta e inovação na educação e na saúde, robótica, inteligência artificial e cloud, transferência de tecnologia, patentes, ambiente regulatório, legislação na era digital, além do relacionamento internacional Brasil-Israel e os desafios de empreender no Brasil.





Comentários


Últimas do Blog

Vídeos