20 de outubro de 2017 English Español עברית

Conib Logo

Conib recebe o embaixador do Azerbaijão no Brasil

09 Out 2017 | 19:48
Imprimir

O presidente da Conib, Fernando Lottenberg, recebeu nesta terça-feira (26) em São Paulo o embaixador do Azerbaijão no Brasil, Elkhan Polukhov, no posto há sete meses.

Eles conversaram sobre o relacionamento do Azerbaijão com Brasil e Israel e também discutiram o cenário do Oriente Médio.

Situado à beira do Mar Cáspio, na fronteira entre Europa e Ásia, o Azerbaijão é uma ex-república soviética que ficou independente em 1991 e tem cerca de nove milhões de habitantes. Entre 20 mil e 30 mil judeus vivem no país, cuja população é 90% muçulmana, de maioria xiita.

A grande maioria dos judeus está na capital Baku, e compreende principalmente Judeus da Montanha, com uma representação menor de judeus ashkenazitas. Cerca de 3.000 judeus vivem em Quba, com um número igual de Judeus da Montanha nas áreas rurais.

Os Judeus da Montanha, que se autodenominam Juhuro ou Juvoro, começaram a se estabelecer nas montanhas do Cáucaso ao redor do Século 5 da Era Comum, migrando da antiga Pérsia. As maiores comunidades vivem no Azerbaijão e no Daguestão. Eles falam tradicionalmente uma forma semítica do persa, chamada tat-judeu. Menos de 2.000 foram assassinados durante o Holocausto, em parte porque os nazistas consideravam-nos praticantes da religião judaica, mas não da “raça judaica”. Após a dissolução da União Soviética, sua população diminuiu rapidamente, pois muitos emigraram para Israel ou Estados Unidos.

O governo azeri criou uma política contra o antissemitismo, e a comunidade judaica goza de um clima de tolerância religiosa e aceitação. A tolerância entre os azeris é cultivada há séculos. Em Baku, a capital, a maioria é secular, ainda que tradicional. O país é xiita, como o Irã, com quem faz fronteira, ao sul. Mas ao contrário do vizinho, tem ótimas relações com Israel: é o maior fornecedor de petróleo do Estado judeu, e um importante comprador de tecnologia israelense.

Israel mantém uma embaixada no país desde 1992.





Comentários


Últimas do Blog

Vídeos