16 de dezembro de 2017 English Español עברית

Conib Logo

Palestra de Bolsonaro: jovem judeu rebate autor que quer ensinar como os judeus devem se comportar

07 Abr 2017 | 16:17
Imprimir

O jovem cientista social Gabriel Douek respondeu nesta sexta-feira, 7, a um texto publicado no blog Justificando, em que o autor critica os judeus que se opuseram à palestra do deputado Jair Bolsonaro no clube A Hebraica do Rio de Janeiro. 

“O advogado Roberto Tardelli achou por bem utilizar o espaço de que dispõe para ensinar como os judeus devem se comportar. Para dizer o que devem fazer ou deixar de fazer. Para indicar de que forma devem resistir ao fascismo, que vai ganhando terreno na sociedade brasileira”, escreve Douek.

“O autor vai além. Despreza os judeus que resistiram. Os coloca do mesmo lado daqueles que riram. Afirma que sua contribuição foi a de ‘elevar ainda mais o tom do genocida palestrante’”, prossegue.

“Quer dizer que as baboseiras criminosas que o inominável deputado vomitava para uma plateia de gente preconceituosa são de responsabilidade dos judeus, e só dos judeus? Que os judeus que resistiam ‘nada mais faziam do que sua obrigação’? Que os judeus ‘deveriam ter invadido o recinto e esmurrado’ aquela gente?”, completa Douek.

Leia o texto completo.





Comentários


Últimas do blog

Vídeos