27 de junho de 2017 English Español עברית

Conib Logo

Presidente de Israel pede ao embaixador do Brasil mudança do voto na Unesco

16 Jun 2017 | 12:47
Imprimir

Em cerimônia de entrega de credenciais realizada nesta quinta-feira (15) o presidente de Israel, Reuven Rivlin, reclamou ao novo embaixador brasileiro, Paulo Cesar Meira de Vasconcellos, do voto do Brasil na Unesco a favor de resolução que nega a soberania israelense sobre qualquer parte de Jerusalém.

O Brasil foi um dos 22 países que votaram a favor da resolução do braço da ONU para Educação e Ciência. Houve 23 abstenções, 10 votos contra e três ausências.

"Não há um só brasileiro que não saiba da conexão entre o povo judeu e Jerusalém. Nem mesmo a Unesco pode mudar isso. A decisão deveria ser esquecida, modificada e eu peço que o governo brasileiro reconsidere seu voto", disse Rivlin a Vasconcellos.

Em maio último, a Conib lamentou o voto brasileiro, afirmando que ele "não representa os princípios da nação brasileira e ofende a memória de Osvaldo Aranha e dos heróis do Itamaraty que, arriscando suas carreiras, combateram o Holocausto. É uma página triste de nossa história”.

Leia reportagem da Folha de S. Paulo.





Comentários


Últimas do blog

Vídeos