16 de outubro de 2018 English Español עברית

Conib Logo

Conib condena declarações antissemitas de Mahmoud Abbas

02 Mai 2018 | 14:13
Imprimir

O Presidente da Conib, Fernando Lottenberg, condenou a afirmação de Mahmoud Abbas, feita em discurso no Conselho Nacional Palestino. Em seu pronunciamento, Abbas culpou os próprios judeus pelo Holocausto por causa do seu comportamento social,cobrança de juros e questões financeiras.

A recente afirmação do Presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, de que os próprios judeus seriam os responsáveis pelo Holocausto, reflete mais uma vez sua insistência em um posicionamento abertamente antissemita. No final de sua longa carreira, Abbas retoma teses anteriormente defendidas e demonstra seu fracasso em combater posições insustentáveis, de incitação ao ódio e de racismo dentro da Autoridade Palestina”, afirmou Lottenberg.

No Conselho Nacional Palestino, encontro que foi gravado ao vivo, em Ramallah, Abbas disse, conforme destaca reportagem do Jornal O Globo que a história do judaísmo europeu foi construída a partir de "autores sionistas judeus". O presidente da Autoridade Palestina admitiu que "os judeus do Leste Europeu e Europa Ocidental foram periodicamente submetidos a massacres ao longo dos séculos", culminando no Holocausto. Mas para Abbas, a questão judaica que foi difundida em toda a Europa não foi contra a religião dos judeus, mas contra sua função social, que se relaciona com a usura e com atividades bancárias e afins.

As declarações de Abbas geraram revolta e foram consideradas antissemitas por Israel, políticos e ativistas de direitos israelenses e judaicos, além de representantes dos EUA e também por instituições que apoiam os palestinos.

Leia mais.

 





Comentários


Últimas do blog

Vídeos