16 de outubro de 2018 English Español עברית

Conib Logo

Paraguai seguirá exemplo dos EUA e mudará embaixada em Israel para Jerusalém

08 Mai 2018 | 17:58
Imprimir

O Paraguai transferirá sua embaixada em Israel para Jerusalém até o fim deste mês, anunciaram um porta-voz do governo paraguaio e o Ministério das Relações Exteriores israelense nesta segunda-feira (07). A decisão segue exemplo dos Estados Unidos e da Guatemala.

“O presidente do Paraguai, Horacio Cartes, planeja vir a Israel até o final do mês para abrir uma embaixada em Jerusalém”, disse o porta-voz da chancelaria israelense, Emmanuel Nahshon, em um comunicado. O governo paraguaio disse que Cartes prepara uma viagem a Israel nos dias 21 e 22. Diplomatas afirmaram à agência de notícias AFP que o processo da mudança está em andamento e que ele poderia participar da inauguração, junto com o presidente eleito, Mario Abdo Benítez.

O anúncio acontece uma semana antes da abertura da embaixada norte-americana em Jerusalém, programada para 14 de maio (aniversário de 70 anos de Israel), conforme a decisão tomada pelo presidente dos EUA, Donald Trump, em 6 de dezembro de reconhecer a cidade como a capital do Estado judeu. 

Em visita ao ditador venezuelano, Nicolás Maduro, o presidente palestino, Mahmoud Abbas, pediu nesta segunda aos países da região que não sigam os exemplos guatemalteco e paraguaio. "Esperamos que alguns países do continente americano não mudem suas embaixadas para Jerusalém porque isso contradiz a legalidade internacional." Ele manifestou o interesse por retomar negociações com Israel, com base nas leis internacionais, e agradeceu o anfitrião pelo repúdio à decisão de Trump, um dos principais desafetos do chavista.

Leia mais. 





Comentários


Últimas do blog

Vídeos