21 de outubro de 2018 English Español עברית

Conib Logo

Argentina admite a possibilidade de pedir ao Brasil a extradição de membro do Hezbollah

28 Set 2018 | 17:28
Imprimir

O chefe de Gabinete do Ministério de Segurança da Argentina, Gerardo Milman, confirmou a prisão do libanês Assad Ahmad Barakat, na semana passa em Foz do Iguaçu pela Polícia Federal do Brasil, e admitiu a possibilidade de o país pedir a extradição dele. Barakat é apontado como o principal financiador do Hezbollah na América Latina. O grupo é apontado como o responsável pelos atentados à embaixada israelense em Buenos Aires, em 1992, e à organização judaica AMIA, em 1994. O Paraguai lembrou que já havia feito um pedido de captura de Barakat e espera-se que uma solicitação formal do país seja feita às autoridades brasileiras.





Comentários


Últimas do blog

Vídeos