21 de outubro de 2018 English Español עברית

Conib Logo

A Alemanha tem o eterno dever de combater o antissemitismo, diz Merkel no Yad Vashem

04 Out 2018 | 16:50
Imprimir

"Cerca de 80 anos atrás, na noite de 9 de novembro - na Kristallnacht, (‘Noite dos Cristais’) - o povo judeu enfrentou na Alemanha o ódio e uma violência sem precedentes, e o que se seguiu foram os crimes sem precedentes da Shoah e seu rompimento com a civilização”. "Deste período deriva a responsabilidade perpétua da Alemanha de manter viva a memória destes crimes e de opor-se ao antissemitismo e à xenofobia", escreveu Merkel no livro de visitas do Memorial Yad Vashem, em Jerusalém, no primeiro dia de sua visita a Israel. A visita de dois dias deve se concentrar em questões econômicas bilaterais, com ênfase em inovação, tecnologia e projetos de desenvolvimento econômico. A Alemanha é o maior parceiro comercial de Israel na Europa e, nas últimas décadas, tem sido um dos seus aliados mais fortes. A Alemanha já pagou bilhões de dólares em indenizações aos sobreviventes do Holocausto e o governo de Merkel vem se posicionando de forma firme contra o antissemitismo.





Comentários


Últimas do blog

Vídeos