22 de outubro de 2017 English Español עברית

Conib Logo

É hora de mostrar solidariedade com o povo iraniano

06 Jun 2012 | 00:00
Imprimir

Payam Akhavan é iraniano, professor de direito internacional na Universidade McGill, no Canadá. Foi promotor da ONU em Haia.

Em texto publicado na Folha de S. Paulo, em 27 de maio, intitulado "É a hora de o Brasil mostrar solidariedade com o povo iraniano", ele pede aos brasileiros que ajudem os iranianos a alcançar a democracia.

Leia trecho:

“Pense num país presidido por uma vítima de tortura. Agora imagine tal país junto a um governo despótico, onde há perseguição política e religiosa

Imagine um governo com uma presidente que foi no passado prisioneira política e vitima de tortura.

Agora imagine esse mesmo governo tendo relações diplomáticas estreitas e comércio de US$ 2,3 bilhões com um governo autoritário que considera as mulheres cidadãs de segunda classe e sujeita os seus cidadãos à tortura e à perseguição simplesmente em função da sua posição política ou religiosa.

Lamentavelmente, não é necessário imaginar, porque se trata das relações do Brasil democrático com o Irã, autoritário e teocrático.

(...)

É a hora de o Brasil mostrar solidariedade com o povo iraniano. De imaginar o dia em que a presidente Dilma apertará as mãos de um presidente iraniano democraticamente eleito (de preferência, uma mulher) para festejar os laços humanos que definem o destino comum das nações, além do cálculo limitado de interesses políticos e econômicos”.

Leia o texto completo.





Comentários


Últimas do blog

Vídeos