Relatório traz dados alarmantes sobre o crescimento do discurso de ódio no Brasil, América Latina e Caribe - Fundada em 1948, a CONIB – Confederação Israelita do Brasil é o órgão de representação e coordenação política da comunidade judaica brasileira.
Foto: Unesco

24.01.23 | Brasil

Relatório traz dados alarmantes sobre o crescimento do discurso de ódio no Brasil, América Latina e Caribe

O II Relatório sobre Intolerância Religiosa: Brasil, América Latina e Caribe, publicação organizada pelo Centro de Articulação das Populações Marginalizadas (CEAP) e pelo Observatório de Liberdades Religiosas (OLIR), com apoio da Representação da UNESCO no Brasil, traz dados alarmantes sobre o crescimento do discurso de ódio, com uma média de três denúncias de intolerância religiosa por dia em 2022.

Para a elaboração do relatório, a equipe do OLIR consultou instituições e bases de dados oficiais sobre a temática. Foram coletados subsídios e estatísticas do Disque 100 do então Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH), do ISP (Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro) e da Secretaria Estadual de Direitos Humanos da cidade do Rio de Janeiro. Somados a isso, foram reunidos os casos levantados pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), denúncias veiculadas na imprensa e dados apresentados pelas comunidades indígena, muçulmana e judaica. O relatório também inova ao trazer relatos de casos de intolerância religiosa veiculados nas mídias e imprensas nacionais nos últimos anos. Acesse o relatório.


Receba nossas notícias

Por favor, preencha este campo.
Por favor, preencha este campo.
Por favor, preencha este campo.
Invalid Input

O conteúdo dos textos aqui publicados não necessariamente refletem a opinião da CONIB. 

Desenvolvido por CAMEJO Estratégias em Comunicação