“Atuar na comunidade judaica enriquece a nossa vivência”, diz jovem líder judeu - Fundada em 1948, a CONIB – Confederação Israelita do Brasil é o órgão de representação e coordenação política da comunidade judaica brasileira.

07.03.24 | Brasil

“Atuar na comunidade judaica enriquece a nossa vivência”, diz jovem líder judeu

Diretor Executivo da União do Judaísmo Reformista, que reúne 25 instituições reformistas latino-americanas - incluindo 14 sinagogas em dez estados do Brasil -, David Britva Beraha falou à CONIB sobre os desafios e as vantagens de atuar como líder de uma instituição judaica. “A gente pode conhecer muitas comunidades judaicas com costumes parecidos e diferentes e tudo isso enriquece a nossa vivência”.

Origem

David Britva Beraha nasceu em São Paulo, em 1997. Descendente de famílias Ashkenazi e Sefaradi, ele se diz um entusiasta do Yiddish e do Ladino. “De um lado (da família) tem gente do Marrocos e da Polônia e do outro tem gente da Rússia, Bulgária, Iugoslávia e Grécia. Do lado da minha mãe, meu avô é ashkenazi e minha avó sefaradi e do lado meu pai o inverso. Cresci, então, com a influência de vários idiomas e dialetos”.

Trajetória no movimento juvenil

“Entrei na Avanhandava (movimento juvenil da Congregação Israelita Paulista) com dez anos, porque minha mãe foi da Avanhandava quando criança, assim como meu pai e meus tios. Não estudei em escola judaica, porque sempre morei mais distante e a escola (judaica) mais próxima era o Peretz, então na Vila Mariana, bairro muito distante de onde morávamos. Mas minha mãe achava importante eu participar de alguma atividade da comunidade judaica e sugeriu a Avanhandava. Fui uma vez, gostei e acabei ficando até os 22-23 anos. Lá trabalhei na parte institucional e cheguei a ser tesoureiro, em 2018. Atuei como um dos coordenadores da equipe que cuidou da celebração pelos 80 anos da Avanhandava. Depois me distanciei um pouco, mas atuei no movimento de escoteiros fora da Avanhandava, principalmente no Forum Internacional de Escoteiros Judeus”.

David foi chanich, madrich e hoje é boguer do movimento juvenil da Avanhandava. Nesse âmbito, se envolveu com o movimento escoteiro (do qual a Avanhandava é parte), representando a comunidade judaica em eventos locais, regionais, nacionais e internacionais. Foi vice-presidente do Fórum Internacional de Escoteiros Judeus - IFJS (2021-23).

União do Judaísmo Reformista

David conta que chegou à União do Judaísmo Reformista participando de uma seleção para a vaga de analista. Ele passou e atualmente é diretor executivo da União do Judaísmo Reformista, que reúne 25 instituições reformistas latino-americanas em 7 países - incluindo 14 sinagogas em dez estados do Brasil. “Lá desenvolvemos material educativo, religioso, para apoiar o judaísmo não ortodoxo, o judaísmo liberal, progressista na América Latina. Nós concentramos os recursos financeiros, educativos e humanos e fazemos um trabalho de redistribuição desse material para as comunidades menores, que não têm recursos para contratar um rabino, ou um educador. Também patrocinamos eventos, programas educativos nas comunidades, fora das comunidades e promovemos encontros entre as comunidades. Também traduzimos material educativo para o português e espanhol. Em 2021, por exemplo, traduzimos a Torá, uma edição publicada originalmente nos Estados Unidos e estamos trabalhando em outros projetos”.

Atualmente, David está concluindo o mestrado na Zelikow School of Jewish Nonprofit Management (HUC-JIR Los Angeles) e é membro da Lauder Fellowship do Congresso Judaico Mundial.

Incentivo às novas lideranças

“Aos jovens eu diria que esse é um trabalho, gratificante e mais interessante do que parece. Muitas vezes achamos que vai ser algo maçante, fechado e monótono e não é. Existem inúmeras entidades nacionais e internacionais com projetos interessantes para conhecer e nos quais podemos nos candidatar e participar dentro da comunidade judaica, com costumes parecidos e diferentes ao mesmo tempo, e tudo isso enriquece a nossa vivência”.


Receba nossas notícias

Por favor, preencha este campo.
Por favor, preencha este campo.
Por favor, preencha este campo.
Invalid Input

O conteúdo dos textos aqui publicados não necessariamente refletem a opinião da CONIB. 

Desenvolvido por CAMEJO Estratégias em Comunicação